Destinos

Destinos
Destinos

Dicas

Dicas
Dicas

Hotéis e Gastronomia

Hotéis e Gastronomia
Hotéis e Gastronomia

Mont Saint-Michel, França: o palco da "maré do século"

Monte Sao Miguel
O famoso Mont Saint-Michel. Foto por Milena Beledelli.

Querendo conhecer um pouco mais da França depois de morar no país por alguns meses, eu e o meu marido - na época namorado - decidimos visitar um dos seus destinos mais populares: o Mont Saint-Michel, na Normandia, que atrai por ano mais de 3 milhões de visitantes, ficando atrás apenas da Torre Eiffel e do Palácio de Versalhes.


Quando estávamos chegando na pequena "ilha" normanda, vimos uma paisagem bucólica, com ovelhas pastando em grandes campos. Mais tarde aprendemos que devido à altas marés no Mont Saint-Michel, aqueles campos se tornaram pântanos salgados considerados ideais para a criação de ovelhas, que agora são vendidas como um dos pratos típicos locais, chamado de "agneau de pré-salé".

Mont Saint-MichelAssim como as ovelhas, vacas também se misturam à paisagem do Mont Saint-Michel. Foto por Milena Beledelli.

A edificação do Mont Saint-Michel foi construída representando claramente o feudalismo da época: em seu topo está uma abadia com a estátua de São Miguel, mais abaixo ficam as salas de assembleias e grandes cômodos, seguidas
 de lojas e residências, e somente depois casas simples para pescadores e agricultores. Ruelas estreitas deixam o caminho dos turistas ainda mais difícil.
Mont-Saint-Michel-turistasAperto nas ruelas do Mont Saint-Michel. Foto por Milena Beledelli.

O Mont Saint-Michel possui apenas cerca de 50 residentes fixos, porém é um grandioso patrimônio histórico da UNESCO e símbolo de resistência francesa, já que permaneceu intacto mesmo durante a Guerra dos Cem Anos com a Inglaterra.

Recentemente, o Mont Saint-Michel recebeu notoriedade ainda maior devido à uma chamada "maré do século", que fez com que o nível do mar subisse mais de 14m, deixando o monte completamente inatingível. Em menor escala, o fenômeno das marés ocorre diariamente no Mont Saint-Michel e sua baía, sendo que os turistas são avisados quando a maré será alta e que consequentemente alguns locais de estacionamento e passeios pelos pôlderes devem ser evitados. Ainda assim, muitos turistas arriscam uma caminhada até outras pequenas "ilhas" próximas do monte.
mont-saint-michel-bem-viajadaEu observando a baía do Mont Saint-Michel. Foto por Sebastian Manske.
Mont-Saint-Michel-turistasTuristas (parecem formigas) caminhando até outra ilha da baía do Monte Saint-Michel. Foto por Milena Beledelli.

Como turista, você encontra no Mont Saint-Michel diversas lojas, restaurantes e bares, além de dois hotéis e até mesmo um centro de informações turísticas. Para visitar a abadia de São Miguel é necessário comprar um bilhete, que custa 9€ por pessoa para adultos maiores de 25 anos, 7€ para jovens de 18-25 anos e é gratuito para menores de 18 anos. Também é possível visitar 4 museus no local, sendo que o bilhete que dá acesso à todos eles custa 18€ para adultos maiores de 25 anos, 9€ para jovens de 18-25 anos e é gratuito para menores de 18 anos.
sao-miguel-igreja A abadia do Mont Saint-Michel. Foto por Milena Beledelli.
mont-saint-michel-abadiaOs corredores que cercam a abadia. Foto por Milena Beledelli.

Além do Mont Saint-Michel, você pode visitar na região a cidade de Saint-Malo, que foi devastada por um bombardeio durante a Segunda Guerra Mundial e reconstruída durante um período de 12 anos.
saint-malo-francaPôr do sol em Saint Malo. Foto por Sebastian Manske.

Você já visitou o Mont Saint-Michel ou alguma outra cidade da Normandia? Deixe um comentário. Desejo uma ótima semana à todos! :-)

- Milena

Nenhum comentário